Paróquia São Francisco de Assis

Rua Raposo Tavares, 180, Vila Assis - Sorocaba, SP

(15) 3231 3100

SEMANA DA FAMÍLIA: “A FAMÍLIA, COMO VAI?”

Entre os dias 11 e 18 de agosto ocorreu a Semana Nacional da Família. A Semana da Família é vivenciada pela Igreja de todo o país, sendo um evento nacional, idealizado pela CNBB. É realizado sempre na semana seguinte ao dia dos pais, com o intuito de promover os valores e costumes da família, como: matrimônio, amor e defesa pela vida. Neste ano o tema proposto foi: “A família, como vai?”.

Em nossa paróquia, a programação se iniciou no dia 11 de agosto com a missa das 10h na Matriz São Francisco. Na segunda-feira, dia 12, houve Adoração ao Santíssimo Sacramento também na matriz São Francisco, momento de toda a família estar reunida, adorando a Cristo Eucarístico e oferecendo a Ele todas as tribulações pelas quais passamos e agradecendo pelas conquistas alcançadas, com nossas famílias.

Na quarta-feira, dia 14, logo após a missa, no Centro Pastoral da igreja matriz, uma palestra com o Dr. Gilson Delgado abordou o tema: “A família vencedora em Cristo”, com o palestrante dando ênfase às lutas e vitórias diárias necessárias, para que possamos superar todos os desafios vividos na atualidade, e como as famílias podem se manter conectadas a Cristo mesmo diante destas tribulações.

No dia 15 de agosto, feriado municipal, a Pastoral Familiar realizou o evento “Família na Praça”, com café da manhã e atividades que envolveram toda a família. O evento teve o intuito de reunir para uma manhã de convívio, pais e filhos, momentos de convívio como este que nos faltam no dia a dia.

No domingo, dia 18, na comunidade São Pedro, o Encontro da Melhor Idade reuniu mais de 70 pessoas acima dos 40 anos, para um dia de conversas, atividades e conhecimentos, marcando o último dia da Semana da família. A missa das 17h30 também na comunidade São Pedro marcou o final desta semana, que trouxe uma série de atividades voltadas para pessoas de todas as idades, com momentos de oração, convívio e ensinamentos, que mais do que tudo procurou demonstrar a importância de zelar e alimentar as relações familiares. Como diz o ditado “família que reza unida, permanece unida”.

 

Mateus Cabrera

PASCOM