Paróquia São Francisco de Assis

Rua Raposo Tavares, 180, Vila Assis - Sorocaba, SP

(15) 3231 3100

Mensagem do Pároco › 28/04/2021

Mensagem do Pároco – Março

Caríssimos(as)

 

Estamos a viver neste mês a quaresma, tempo favorável de conversão e penitência, preparando-nos para a grande Semana Santa e pascoa da ressurreição. Tempo favorável para revermos atitudes e comportamentos como cristãos católicos que somos e alterar, com a ajuda de Deus, algumas práticas que, talvez, não sejam condizentes com a nossa fé.

Graças a Deus, em nossa paróquia, este início de ano pastoral tem sido um momento de bênção e graça. Praticamente todas as pastorais e grupos retornaram seus trabalhos, inclusive a catequese, ainda com os cuidados sanitários necessários, mas não menos importantes que os cuidados com a alma e com o espírito. E nesse período, quantos testemunhos belíssimos de fé, de retorno à Igreja, de mudança de vida e que rendo graças a Deus, como pastor, em poder acolher tais pessoas que buscam um encontro e uma experiência com Deus. Assim como alguns se afastaram sem motivos (aparentes, ao menos), muitos regressaram e tem feito uma caminhada belíssima na Igreja e na paróquia. E aqueles que permaneceram tem dado belo testemunho na vivência da fé em comunidade. Nossa paróquia tem sido luz na vida de muitos… Louvado seja Deus por isso! A paróquia, a comunidade, devem ser sempre lugares de acolhimento e experiência com Deus. Nesse momento histórico e confuso em que vivemos, seja pela pandemia, seja pela política mundial, somos chamados, como cristãos católicos, a sermos luz na vida das pessoas, a levarmos esperança e ânimo, pois o diabo já tem discípulos demais que levam desânimo e confusão.

Neste ano, no qual a Campanha da Fraternidade nos convida ao diálogo, somos chamados a sermos instrumentos de diálogo. Numa sociedade onde cada um quer ter sua razão, é necessário alertar que o diálogo gera crescimento, enriquecimento humano e pessoal e faz a sociedade progredir. Onde não há diálogo, não há progresso humano. Somos chamados a viver o respeito pelo diferente (que não significa aceitar tudo), mas respeitar tudo e todos. Não podemos, como cristãos católicos, gerar divisão, mas devemos ser portadores da comunhão, da unidade, da harmonia e da paz.

Neste mês completo mais um ano de ordenação sacerdotal a serviço da Igreja de Cristo e agradeço a Deus esta missão e dom e conto com sua amizade e oração para seguir em frente onde o Senhor me enviar. Sinto-me feliz em ser pastor nesta paróquia e aqui poder viver a minha fé também. A vida do sacerdote é repleta de bênçãos e graças de Deus, de alegrias, de vitórias, mas também de tristeza e decepções, por isso a oração e presença sadia dos fiéis é tão importante para seguir adiante na missão.

Despeço-me com minha bênção sacerdotal a você e sua família +.

 

Pe. Dr. Fernando Henrique Giuli Batista

Pároco

Os comentários estão desativados.