Paróquia São Francisco de Assis

Rua Raposo Tavares, 180, Vila Assis - Sorocaba, SP

(15) 3231 3100

PASCOM – Pastoral da Comunicação

 

“A Pascom (Pastoral da Comunicação) é a pastoral do ser/estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida e da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária, do planejamento democrático, do uso dos recursos e instrumentos que facilitem o intercâmbio de informações e manifestações das pessoas no interior da comunidade e da sociedade.” (Documento 57 da CNBB, nº 244).

A PASCOM visa promover um elo de comunicação entre o sacerdote, as pastorais e os fiéis, favorecendo o acesso à informação, levando à comunidade o testemunho de vida cristã, bem como da doutrina da Igreja e o Evangelho de Cristo. Em suma, se trata de uma ação organizada por leigos da Igreja Católica que utiliza dos meios de comunicação disponíveis para evangelizar de forma eficiente e objetiva.

Em nossa paróquia, a PASCOM possui uma equipe que administra os meios de comunicação, tais como o Informativo Paroquial (jornal), site, página do Facebook, além de atuar diretamente na divulgação de eventos e no registros com fotos e vídeos.

Os membros da PASCOM tem como principal característica a atitude, a facilidade em comunicar-se, sendo pessoas bem informadas e comprometidas com as atividades da paróquia. Se você deseja fazer parte desta pastoral pode procurar a Secretaria Paroquial ou os coordenadores de comunidade para integrar-se à equipe, auxiliando nesta obra de evangelização!

Email PASCOM: pascomsaofranciscovilaassis@gmail.com

 


A IMPORTÂNCIA DAS FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO NA IGREJA

A Palavra se fez carne e habitou entre nós! (cf. Jo 1,15)

A Comunicação na Igreja e da Igreja remete ao Deus uno e trino. O Verbo encarnado em sua comunicação, manifesta a grandeza, a profundidade e a beleza do amor de Deus a humanidade” (Diretório da Comunicação, Nº 41)

 A missão da igreja é evangelizar, comunicar ao mundo a Pessoa e a Palavra de Jesus Cristo. Não podemos realizar bem essa missão contando apenas com o talento individual de cada um, nem focalizando em demasia os carismas de cada grupo.

Os meios de comunicação católicos têm um papel relevante na educação da fé, sendo um importante serviço do conjunto de mídia e tem como promover e explicitar publicamente, a catolicidade e a igreja como um serviço de ação missionária e evangelizador, tais meios são susceptíveis de ampliar, quase ao infinito, o campo para ser ouvida a palavra de Deus e fazem com que a BOA-NOVA chegue a milhares de pessoas (Estudos CNBB 111 -Orientações Pastorais para as mídias católicas – impressa, rádio, TV e novas mídias).

A mídia impressa surge em 1438, quando Gutenberg cria na França a tipografia. O primeiro livro a ser impresso no mundo foi a Bíblia em 1455, anos se passaram até surgir o jornal, dentro de nossa igreja o jornal impresso/informativo paroquial tem a missão de transmitir notícias e informações sobre o que se passa na paróquia, ele melhora a integração comunitária, com informações importantes sobre os eventos, missas entre outros, o impresso se caracteriza por uma maneira rápida, pratica e eficiente para proporcionar uma comunicação mais direta com a comunidade, levando em consideração que nem todas as pessoas possuem acesso à internet.

Em se tratando de internet, chegamos as mídias digitais, elas que abriram caminho para o encontro entre pessoas de outros países, culturas e religiões, assim a presença da igreja no ambiente digital é incentivada por ser lugar de anuncio e testemunho do Evangelho. “Particularmente a internet pode oferecer maiores possibilidades de encontro e solidariedade entre todos; e isto é uma coisa boa, é um dom de Deus” (Papa Francisco, mensagem para Celebração do 48º Dia Mundial das Comunicações Sociais, 2014). De acordo com os dados da pesquisa “As mídias Sociais no Mundo”, divulgada pelo Social Media Update 2016, somos aproximadamente 139 milhões de internautas, metade da população brasileira acessa a internet por meios de dispositivos móveis.

O site Paroquial é identidade visual da comunidade, espaço onde aproxima e integra até mesmo aqueles que estão longe, mas desejam estreitar os laços através do acesso virtual e assim encurtar a distância. Papa Bento XVI diz que “A capacidade de utilizar as novas linguagens requer-se não tanto para estar em sintonia com os tempos, como sobretudo para permitir que a riqueza infinita do Evangelho encontre formas de expressão que sejam capazes de alcançar a mente e o coração de todos”. O site tem a grande vantagem de ter seu conteúdo e programação produzidos no espaço de uma Igreja Particular, mas que também atinge os fiéis de várias outras Dioceses do Brasil e do Mundo.

Inspiradas pela Palavra de Deus e pela Doutrina Social da Igreja, as mídias tornam-se também instrumentos privilegiados de resgate, educação e da construção da casa comum. A igreja acolhe os meios de Comunicação Social como dons de Deus, na medida que criam laços de solidariedade, justiça e de fraternidade entre os homens. Por isso a Igreja considera importante marcar presença nos processos e meios de comunicação. “Seria impossível, hoje em dia, cumprir o mandato de Cristo, sem utilizar as vantagens oferecidas por esses meios, que permitem levar a mensagem a um número muito superior de pessoas. O Concílio Vaticano II exorta aos católicos a que ‘Sem demora, usem os meios de comunicação social, nas diversas formas de apostolado'”.

É imprescindível que a Igreja se faça presente nos novos meios e crie espaços de encontro e diálogo em vista da Evangelização. (Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil Doc. 99).

 

Renata Miranda

Coordenadora Arquidiocesana da PASCOM