Paróquia São Francisco de Assis

Rua Raposo Tavares, 180, Vila Assis - Sorocaba, SP

(15) 3231 3100

História da Paróquia

Tomando como base o Livro Tombo (de número 1), que é um livro que toda paróquia existente e criada contém, anotados em suas linhas, os seus acontecimentos, fizemos uma pesquisa, para divulgação da nossa história:

Devido ao aumento demográfico da Paróquia Bom Jesus dos Aflitos, de Sorocaba, com parecer favorável do Vigário Religioso da Bom Jesus, decidiu-se fazer sua divisão e desmembramento, constituindo-se uma nova paróquia, que se denominaria “São Carlos Borromeu”, com as seguintes linhas divisórias: começando na ponte provisória sobre o rio Sorocaba, na Rua Padre Lara de Moraes, adentrando pela Rua Paulo Setúbal até a passagem sobre os trilhos da Estrada de Ferro Elétrica de Votorantim na Rua Newton Prado, seguindo em linha reta até alcançar o cruzamento da Rua Assis Machado com a Rua Cervantes, seguindo por este até a Av. Paraguai e por esta até o cruzamento com a Rua Peru. Desta, segue em linha reta até alcançar o prolongamento da Rua Cel. Nogueira Padilha com as divisas civis do Município de Votorantim, e por estas divisas até alcançar o Rio Sorocaba, e, por este até a ponte onde teve início.

No dia 01/03/1964 às 09h30,tomou posse o Revmo. Padre Teodoro Bibiano da Silva, nomeado por provisão do Exmo Ir.D. José Carlos de Aguirre, Bispo Diocesano. Terminado o ato da posse, celebrou-se a Santa Missa e às 19h30 foi rezada a Via Sacra.

Dia 06/03/1964, por ser a primeira sexta-feira do mês, foi feita visita na Capela de São Pedro, no bairro Barcelona.

Dia 15/03/1964, o Vigário fundou as associações religiosas:

– Congregação Religiosa N.Sra. do Pilar

– Apostolado da Oração

– Obra das Vocações Religiosas

– Pia União dos Filhos de Maria

– Cruzada Eucarística

– Doutrina Cristã

Em 29/03/1964, o Vigário iniciou a organização do catecismo nos quatro bairros da paróquia. Várias famílias foram visitadas.

Com reuniões da Comissão das Obras da Igreja, preparou-se a festa em louvor a N.Sra. Aparecida, visando, além do movimento religioso, adquirir, com esta festa, meios para a construção da Casa Paroquial.

Em 26/04/1964, foi alugada uma casa na R.Campos Sales, 509, onde o Vigário passou a residir com a sua mãe e irmã, e onde passou a ser a Sede Paroquial. (a casa era de propriedade do Sr.Manoel Teixeira Patrício).

Em Agosto de 1964, fundou-se o Centro Paroquial de Assistencia (C.P.A.), escrito junto à Caritas Diocesana e 130 famílias recebram os primeiros socorros desta obra de assistência.

Em Março de 1964, foram iniciadas as obras para o término da Matriz.

Em 17/05/1966, passou a cuidar da Paróquia, provisoriamente, o Cônego José Carlos Castanho.

Em 12/11/1966, foi nomeado Pároco, o Revmo Sr. Pe.Osvaldo Bazzo, sob a presidência do Exmo Sr. Bispo Administrador Apostólico, D. José Melhado Campos.

Aos poucos, em Maio de 1968, iniciaram-se as primeiras Pastorais: Liturgia, Catequese, Assistencia Social, Administração.

Em Junho de 1968, por decreto do Sr. Bispo D. José Melhado Campos, esta Paróquia passou a ter como patrono principal São Francisco de Assis, e passou a chamar-se “Comunidade Paroquial de São Francisco de Assis”.

Em 17/11/1968, foi feita a primeira Visita Pastoral a esta Comunidade, com visitas às escolas, doentes e celebração na Matriz e na Comunidade São Pedro. Houve também Crisma, presidida pelo Bispo D.José Melhado Campos.

Em 12/05/1973 foi nomeado novo Pároco, Pe. Waldemar Paoleschi, com cerimônia presidida por Sua Excia Sr. Dom José Melhado Campos.

Em 23/03/1974, tomou posse novo Pároco, Frei Henrique Schween, permanecendo até 01/08/1986.

O Bispo Diocesano Dom José Lambert declarou, durante a celebração da Missa, Vacanti, esta Paróquia, e aguardando para o próximo ano a nomeação de um novo pároco.

Durante esse período, respondereu juridicamente o Ordinário Diocesano D. José Lambert, auxiliado pelos padres: Ricardo Dias Neto, Frei Atílio Moti e Padre Inácio Kriguer e pelos Diáconos Luiz Moreno Sampaio e Pedro Damas de Carvalho.

Ficaram suspensas as atividades dos Conselhos Paroquiais de Pastoral e de Economia e foram incentivadas as atividades Pastorais e as Celebrações Comunitárias.

Desta data, até Janeiro de 1987, a Paróquia foi decretada em “estado de transição e de precariedade”, respondendo por ela o Bispo Dom José Lambert.

Nos dias 4, 5, 11 e 12 de outubro de 1986, foi realizada a 1ª Festa do Padroeiro São Francisco de Assis, com quermesse, celebrações, procissão, confissão comunitária e benção dos animais.

Em 20/12/1986, nomeado pelo Bispo Dom José Lambert, tomou posse novo Pároco, Pe.Paulo Roberto Gonzales, tendo como Vigário Cooperador Pe.Tadeu Rocha Moraes e Diácono Cooperador Sr. Pedro Damas de Carvalho.

Em Junho de 1987, iniciou-se a reforma na Matriz: pintura, troca de vidros, pequena modificação nos vitrôs, portas laterais, etc.

Em Setembro de 1988, em reunião do C.A.E., decidiu-se pela compra de novos bancos para a Matriz, com recursos conseguidos na quermesse no mês de outubro, do Padroeiro, o que infelizmente não foi suficiente. Lançaram-se então, listas de colaboração para a “Campanha de Bancos para a Matriz”, o que foi um sucesso.

PARÓQUIA FRANCISCANA

No dia 28/10/1988, foi feito um Comunicado Oficial, assinado pelo Pe. Frei Estevão Ottembreit, ofm (Ministro Provincial) e Dom José Lambert, css (Bispo Diocesano), onde se declarou:

1-   Os frades deixarão de atuar diretamente na Paróquia Santa Rita de Cassia;

2- Os frades assumirão definitivamente a realidade pastoral do Além Ponte (Paróquias Bom Jesus dos Aflitos, São Francisco de Assis e Santo Antonio), residirão no Convento Regional da Bom Jesus, trabalhando juntos.

Em 18/01/1989, com Ata de Tomada de Posse em 25/02/1989, assume as Paróquias Franciscanas a seguinte Equipe Sacerdotal:

Paróquia Bom Jesus:

           Frei Antonio Lopes Rodrigues – Pároco

           Frei Luiz Dalmago – Vigário Paroquial

           Frei Maurício José Pinheiro – Vigário Paroquial

           Frei Cid Tadeu Passos – Vigário Paroquial

Os trabalhos apostólicos foram divididos entre essa equipe, onde cada sacerdote assumiu algumas áreas de pastoral das três paróquias juntas.

Em 22/04/1989 aconteceu a primeira reunião do C.P.P. com o novo sistema. Foi uma reunião conflitiva, alguns membros afirmaram ser contra a troca, do antigo pároco (Pe. Paulo Roberto), pelos franciscanos e não aceitaram o novo método de trabalho (querem viver só do Dízimo, sem taxas ou festas).

Em 25/09/1989 foi comemorado o Jubileu de Prata da Paróquia São Francisco de Assis, na Festa do Padroeiro.

Após dois anos, em 9/02/1991, aconteceu nova mudança na Equipe Sacerdotal e Sistema Pastoral: cada sacerdote assumiu uma Paróquia, como Pároco, porém, todos residindo no mesmo local: no Convento da Bom Jesus.

Os trabalhos continuaram sendo a nível Inter-Paroquial, visando a unidade das três paróquias, e assumiram:

           Frei Maurício José Pinheiro – Pároco da São Francisco e Vigário Paroquial da Bom Jesus e Santo Antonio;

           Frei Cid Tadeu Passos – Pároco da Santo Antonio e Vigário Paroquial da Bom Jesus e São Francisco;

           Frei Moisés Beserra de Lima – Pároco da Bom Jesus e Vigário Paroquial da São Francisco e Santo Antonio.

Em Julho de 1992, a Diocese de Sorocaba passou a Arquidiocese, e o Bispo D.José Lambert passou a Arcebispo.

Em Outubro de 1992 foi dado início à construção do Salão Comunitário da Matriz.

No dia 12/02/1995, em reunião do C.P.P., o Frei Maurício comunicou oficialmente sua transferência para a Paróquia Bom Jesus, em substituição ao Frei Moisés e para esta paróquia veio o Frei Silvio Tadeu Mascarenhas, que recebeu sua provisão em 22/02/1995 em missa solene celebrada em 18/03/1995 às 19h30 na Matriz, onde lhe foi dada a posse de Pároco.

No terceiro dia da Novena de São Francisco, em 02/10/1995, foi feita a intronização da imagem de Santa Clara na matriz.

No dia 25/01/1998, com missa solene, às 8h00 na matriz, presidida pelo Bispo Dom José Lambert, foi oficializada a posse do Frei Ângelo Cardoso da Silva, ofm, como Pároco da São Francisco e Frades Wilsom Zanetti,  Nolvi Dalla Costa, Antonio Andrietta e    Eucydes F. Pezzamiglio como Vigários Paroquiais.

Em 08/03/1999, iniciou-se a construção e reformas para criação do salão paroquial e salas para reuniões (projeto desenvolvido pelo pároco anterior, Frei Maurício) e realizado pelo Frei Ângelo, Pároco atual.

A reforma era grande, por isso, houve a necessidade de transferir a “Igreja” para um salão cedido pelo Sr. Renné Sola, na Rua Jorge Velho,33 no bairro Pinheiros, a partir de 14/07/1999.

Em 20/09/1999, retornou para o prédio próprio, ainda inacabado, e, no dia 24, iniciou-se a Novena de São Francisco.

Um ano depois, em 29/09/2000, foi iniciada a Novena de São Francisco, agora, com as obras prontas, uma Igreja nova.

Em 15/04/2003, foi realizada a primeira Via Sacra ao Vivo, com personagens caracterizados da época. Foi iniciada num barracão da R.Chile,911, com encenação do Lava-Pés, a Última Ceia de Jesus (Instituição da Eucaristia), Julgamento e Condenação. As outras estações tiveram suas encenações pelas ruas do bairro Barcelona e a Crucificação aconteceu no Clube Atlético Barcelona, bem como a Morte e Ressurreição de Jesus.

Do dia 01 a 13/06/2002, aconteceu na Paróquia São Francisco de Assis, a Primeira Trezena de Santo Antonio de Pádua.

Em 10/01/2004, tomou posse, pelo Arcebispo Dom José Lambert, como Pároco da São Francisco, o Frei Rozântimo Antunes Costa, ofm.

No dia 20/08/2005, aconteceu, com missa da R.C.C., a inauguração da tenda no pátio da paróquia, e levou o nome de Mario Joaquim do Carmo, como homenagem póstuma.

No dia 02/02/2007, com missa presidida pelo Arcebispo Dom Eduardo, tomou posse como Pároco da São Francisco, Frei Cid Tadeu Passos, ofm. A posse aconteceu na Comunidade São Mateus, onde foi dada a benção para a Capela, dando por concluída sua construção.

Em 29/05/2007 iniciaram-se reformas na matriz, para ampliação da sacristia, secretaria, salas de catequese, presbitério e construção da Capela do Santíssimo. Essas obras foram concluídas em 24/09/2007.

Do dia 09 a 13/09/2009 aconteceu a Visita Pastoral de Dom Eduardo na Paróquia São Francisco de Assis e suas Comunidades, quando ele assinou o Livro Tombo, tecendo elogios aos trabalhos que foram realizados nesta paróquia.

No dia 15 de fevereiro de 2015, após 27 anos, foi oficializada a transição desta Paróquia Franciscana. A Paróquia São Francisco de Assis, a partir dessa data, passa a ser administrada pelo Clero Diocesano.

Nessa data, às 08h00, com missa presidida pelo nosso Arcebispo D. Eduardo Benes de Sales Rodrigues, tomou posse da Paróquia Diocesana São Francisco de Assis, o Padre Dr.Fernando Henrique Giuli Batista, que celebrou sua primeira missa, como pároco, às 18h00, nessa mesma data.